1 de ago de 2016

Feedback

"Andei lendo nossas mensagens antigas, aquelas que você me mandou um dia antes de ir embora. Um dia antes antes de beijar outra pessoa na minha frente e fingir que nós nunca tivemos nada. Não sei se eu deveria estar te mandando essa mensagem, mas cá estou eu. Fazem dois meses que isso aconteceu e a cada foto nossa que eu vejo, é um aperto diferente no peito. A cada história de festas em que você foi e pegou geral, me machuca.

Eu encontrei uma mensagem sua que dizia que você nunca ia desistir de nós, e fiquei com uma dúvida tremenda sobre o que eu devo guardar sobre a nossa história. Você mentiu em tudo, e eu não sei no que eu devo acreditar. Eu só sei que sinto saudade. Saudade e quando você vinha me visitar, me mandava mensagem perguntando se eu estava bem e até mesmo, saudade das nossas brigas, e muito mais de quando fazíamos as pazes. O fato é que mesmo com todas essas mentiras, e essa história inventada, eu gostei. Eu te amei de verdade e sinto saudades.

Eu nunca fiz questão de nada, e fiz questão de você. Nunca chorei por ninguém, e derramei rios por você. Nunca me apaixonei e cá estou, te escrevendo sobre esse sentimento louco. Mas não vale a pena, você nem vai se importar mesmo."

"Enviar mensagem?"

"Mensagem apagada."